Vai por mim

Susto? Talvez. Talvez seja essa a impressão que passo pros homens, essa capa estilo super herói que nunca tiro. Nunca tiro e nunca vou tirar. Jeito frio e calculista, carregando sempre na mente uma mini enciclopédia com possíveis perguntas, e, certeiras respostas. Resultado disso tudo: homens, te olhando inconformados e abobados com tamanha independência sentimental. Se algum dia eu perder, vou seguir desse mesmo jeito, e nesse caminho vou encontrar outros de diferentes estilos, e vou conquistá-lo com o mesmo mel que gruda a maioria, a eletricidade nunca muda, ninguém perde a manha.

Mas não se enganem. Pedras de gelo e desencano também amam. Eu amo, claro, de diversas formas, de vários jeitos. Amo em escalas, amo em vivências, amo em momentos. Amo amor que fica, amo amor que vai, amo amor que vem de vez em quando. Sei amar, sei experimentar.

Hoje sim posso dizer que conheço os homens, e seus erros, defeitos, feitos. Em seus diversos níveis, graus.

Ahhh, essas mulheres ansiosas que cobram. Cobram, insistem, cobram de novo e ficam esperando. A cabeça deles é bem diferente, tão previsível. Hoje ele não deu as caras e você ficou sem saber como fazer. São quase dez. Trimmm! É ele telefonando pra você, a ‘garota angustiada’. Você sabe quem é pelo alarme personalizado. Prepara a voz e quase morre de alegria por dentro, pra ele, o normal, o mais do mesmo, sabe que você está lá, olhando de minuto à minuto para o celular, apertando sempre aquela tecla vermelhinha no canto direito que faz a tela se iluminar. Vai por mim que tenho alma masculina. Atitude errada. Certas vocês seriam se não atendessem.

Ahh, essas mulheres tolas que quando a coisa não tá lá muito boa apela para Santos; Expedito, Benedito, Antônio. Sim, porque tem fases em relacionamentos que até Deus volta. Você o ressuscita. Reinventa. Segura minha mão, ergue minha escova de dente e me guia ao próximo passo. Vamos lá, deus, somos você e eu, até o fim.

Ahhh, essas mulheres incansáveis, que cobrem os homens de dedicação, torpedos, ligações. Tolas, todas elas. Se vocês soubessem que bastam uns dias sem ver, sem ligar, pra eles já não saberem o que fazer com os próximos. Mas também não fique totalmente parada, mova-se devagar, mesmo porque nenhum homem se apaixona por uma mulher imóvel, caso contrário teria fila deles entrado na igreja com alguma Playboy.

Ahh, essas mulheres paixonites, que beijam e fazem juras de amor eterno, que vê passarinho verde em todo canto. Enquanto vocês estão na vibe musical do amor, eles vão estar naquela fase em que o canto dos pássaros na janela não lembra música, só ruídos verde-escuros. E o pior, ele está bem, evidente que está. Tem trinta e dois dentes, barba, amigos para sair, beber, Playstation 3, quem não estaria?

Escrevo para aconselhar a colocar um pouco de ‘machesa’ na relação, seja ela qual for. É a receita certa. Então, mulherada, as coisas que acabei de dizer, leve em consideração só até a meia-noite. Eu sempre tento virar a página sem grifar as partes importantes com alguma caneta de cor alarmante.

Vamô inverter?

Homens são previsíveis e tortos.

E nessa ‘tortura’, o ‘ser mulher’ parece um erro, como um ponto final no meio da frase.

(MG)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s